close

A Fedrigoni apresentou Ediciones Memorables na Liber22

De 5 a 7 de outubro, a Fedrigoni participou na Liber, a Feira Internacional do Livro promovida pela Federación de Gremios de Editores de España (FGEE).

Feed Your Creativity apresentou a segunda parte de It’s time to look differently, expondo a ampla gama de papéis sustentáveis da Fedrigoni para edição e mostrando as possibilidades das coleções Materia Viva e Arena.

Para revelar as diferentes soluções disponíveis em Materia Viva e Arena, Feed Your Creativity apresentou durante a feira uma peça que foi distribuída ao grande número de visitantes do stand da Fedrigoni.

Nesta peça é explicada a visão de futuro da Fedrigoni sobre o mundo editorial e a sua aposta na sustentabilidade. São ainda apresentadas as diversas gamas da coleção Materia Viva e as suas potencialidades para aplicações editoriais.

Expectativas superadas

Esta edição da Liber ultrapassou as previsões e atraiu 8500 profissionais, 40% estrangeiros oriundos de cerca 60 países, principalmente da América e da Europa. Esta elevada taxa de internacionalidade reflete uma mudança na tendência dos mercados editoriais exteriores, já sem restrições decorrentes da pandemia, e um aumento do interesse pelos autores e livros produzido em Espanha, tanto em espanhol como nas restantes línguas co-oficiais. De facto, as exportações de livros em Espanha representam 3,20% de todo o comércio livreiro mundial.

De qualquer forma, a Liber também atraiu um número significativo de profissionais espanhóis ligados às cadeias de valor e fornecimento de livros, interessados em contactar com os seus fornecedores ou clientes, conhecer catálogos editoriais e comprar novidades, assim como produtos e serviços relacionados com a produção, comercialização e distribuição de livros.

O setor livreiro reafirma a sua aposta na sustentabilidade

A sustentabilidade, essencial para promover a mudança para um modelo social e económico mais moderno e competitivo, foi um dos assuntos abordados nas diversas sessões profissionais que decorreram na Liber. Nessas sessões foram debatidos os diferentes desafios e oportunidades da cadeia de valor do papel no setor editorial, tendo sido destacada a necessidade de colaboração entre os diferentes agentes desta indústria para atingir os objetivos traçados.

Ao longo das diversas mesas-redondas realizadas, foram abordadas as alterações que os diferentes elos da cadeia do livro estão a introduzir para a gestão sustentável e a edição ecológica. Desde a gestão florestal sustentável à chamada “bicircularidade” do livro, um produto que se caracteriza pela reutilização e reciclabilidade.

Com uma utilização cada vez mais generalizada de papel certificado e proveniente de florestas geridas de forma sustentável, está agora a ser considerada a necessidade de continuar a trabalhar com os restantes fornecedores para reduzir o impacto de outras matérias-primas, como por exemplo das tintas, das embalagens ou dos plastificados.

A impressão a pedido ou a utilização de dados para ajustar tiragens e evitar as devoluções e a pegada de carbono que produzem, constituem outras ações que cada vez mais empresas estão a implementar para minimizar o seu impacto no meio ambiente.

A medição da pegada de carbono do livro é um elemento que terá uma importância cada vez maior para as editoras e empresas que, para além do seu compromisso com a sustentabilidade, quiserem trabalhar com subsídios das Administrações Públicas.

Para ajudar, o Instituto de Ecoedición de Catalunha elaborou uma ferramenta que permite calcular o impacto de cada exemplar de um livro publicado. Graças a esta ferramenta, não só é possível conhecer a pegada de carbono como também tomar decisões antes da edição para minimizar o impacto do livro.

 

Veja todas as fotografias aqui.

prev next