close

Cartões de visita Premium, o primeiro impacto faz a diferença

A primeira impressão é a que conta. Esta afirmação pode não ser muito justa dependendo do contexto em que é proferida, mas, no mundo das empresas, das marcas e dos produtos, é um mantra que deve estar na base de qualquer projeto que ambicione tornar-se famoso.

Sobretudo quando falamos de cartões de visita, ou business cards, e se o objetivo for o posicionamento num mercado Premium.

Desde que, na China, começaram a ser utilizados como cartões de visita pequenos pedaços de papel escrito, que foram posteriormente popularizados pelos empresários do Reino Unido como meio de apresentação dos seus serviços, os business cards continuam a ser utilizados até hoje por milhões de profissionais de todo o mundo para trocar informações de contacto e atrair novos clientes.

São como uma poderosa carta de apresentação, onde se resume como é e o que faz uma empresa ou marca.

Estas pequenas peças de identidade corporativa são, com frequência, o primeiro contacto físico que um cliente tem com uma marca ou empresa. O efeito é imediato e, provavelmente, nada consciente. O nosso cérebro processa todos as mensagens que, subliminarmente, lhe são enviadas pelo tipo de letra, pelas cores corporativas, pelo nome e o logótipo, pela posição do texto…

Também a qualidade, a textura, o acabamento, a gramagem e a resistência do papel escolhido como suporte falam, e muito, sobre a filosofia por detrás da marca. Por isso, quando falamos de marcas Premium ou de luxo, cuidar de todos e de cada um desses detalhes é condição sine qua non para que essa primeira impressão seja coerente com a mensagem da marca que está por trás.

Uma vez escolhido o suporte adequado, o passo seguinte é apostar num tipo de design disruptivo e personalizado. Aqui, a criatividade é a rainha desde que seja “estratégica”, ou seja, desde que marque a diferença respeitando a coerência com os restantes materiais de comunicação da empresa.

As possibilidades são ilimitadas: ilustrações, texturas inovadoras, formatos diferentes que ultrapassam as tradicionais linhas retas, seleção cuidada das cores tendo em conta as sensações que transmitem, técnicas de impressão inovadoras ou até cartões interativos ou de realidade aumentada.

Contudo, tratando-se do mercado Premium, o “menos é mais” e o minimalismo continua a ser uma tendência sexy que prescinde de grandes efeitos em prol da simplicidade do design e do apoio de um papel de qualidade.

Seja qual for a sua opção, lembre-se, estas pequenas apresentações continuam a ser um material de marketing impresso extremamente eficaz. Se estiver com dúvidas, poderá sempre contar connosco para lhe fornecermos aconselhamento em todo o processo.

Créditos
Projetos de:
InPressed para Muza Weedings. Papel: Tintoretto Ceylon Cumino
Granja Gráfica para Castell Peratallada. Papéis: Materica Ardesia, Materica Clay, Materica Verdigris.
Espaço Oficina para Marc Navarro. Papel: Sirio Color Iris 350 g
Xavier para Showrunners. Papel: Sirio Black/Black
Luzia con Zeta para Pruna. Papel: Materica Verdigris 250 g

prev next