close

Embalagem em papel, a preferida dos consumidores pelas suas características ‘eco’

66% dos consumidores e das consumidoras na Europa não têm dúvidas: no momento de comprar, preferem os produtos fornecidos numa embalagem de papel em vez de embalagens de plástico.

É um dos muitos dados interessantes apresentados no relatório ‘Packaging Preferences 2020’ da Two Sides, realizado pela empresa de pesquisa independente Toluna a partir de um inquérito a 5900 europeus e europeias. A explicação é clara: o ambiente agradece e os consumidores, em número crescente, estão mais conscientes dos benefícios proporcionados por este tipo de acondicionamento.

Chamados a escolher entre papel e cartão, vidro, metal ou plástico em função dos seus atributos ambientais, práticos e visuais, os inquiridos não tiveram dúvidas sobre o seu material de embalagem preferido: 63% dos consumidores escolheram o papel e o cartão por serem melhores para o meio ambiente, 57% porque são mais fáceis de reciclar e 72% por serem compostáveis em casa.

O vidro, por seu lado, é uma boa opção para 51%, que consideram que oferece uma melhor proteção dos produtos, é reutilizável (55%) e tem uma estética mais agradável (41%).

O plástico, contudo, continua em retrocesso: 70% dos inquiridos afirmam que estão a tomar medidas de forma ativa para reduzir o uso de embalagens de plástico, por o considerarem o material menos reciclado e com uma menor taxa de reciclagem.

Outro dos aspetos que o inquérito revela é o facto de ainda serem desconhecidas as taxas reais de reciclagem das embalagens. No caso do papel e do cartão, um material que tem a taxa de reciclagem mais elevada (85%), 30% dos inquiridos acreditam que apenas alcança os 60%, o que demonstra que ainda se subestimam todas as suas possibilidades.

As conclusões do estudo não deixam dúvidas: cresce a percentagem de europeus e europeias que estão dispostos a mudar o seu comportamento para comprar de forma mais sustentável. 44% são favoráveis a gastar mais em produtos que sejam embalados em materiais sustentáveis.

Fica ainda muito por fazer, mas parece claro que a cultura do ‘fazer, usar, eliminar’ está a mudar lentamente.

 

Créditos

Panoply Special – Boxes
Papéis utilizados: Corolla Pentagram Ivory 300 g, ARENA Natural Rough 100 g

Aurimas Grajauskas para Bobriq jewellery
Papéis utilizados: Sirio Ultra Black 115 g, 280 g, 460 g

Xi’an Youwujian brand – Mountain Wuyi
Papéis utilizados: Savile Row Plain Blue 100 g, 300 g, Savile Row Plain Aubergine 100 g, 300 g

prev next