close

O papel e a exclusividade da ‘hora do chá’

Lendas antigas que chegam desde a China, o Japão ou a Índia falam da origem do chá como uma descoberta fortuita, quando algumas folhas de uma árvore caíram num recipiente com água a ferver. Aquela casualidade transformou-se rapidamente numa cerimónia de três horas, durante as quais o chá era consumido como planta medicinal e como uma forma de ajudar o espírito a encontrar paz.

A sua fama estendeu-se rapidamente por toda a Europa, onde deixou de ser uma bebida aristocrática para passar a ser uma bebida de consumo de massa, com raízes tão fortes na tradição inglesa que se transformou num expoente popular com o seu “Five o’clock Tea”.

Aquele ritual ancestral e os seus benefícios para a saúde voltam, hoje mais do que nunca, a ser reivindicados em todos os cantos. O boom de algumas das suas variedades, como o chá matcha, relançou este setor como um dos de melhor pedigree.

As marcas repararam nisso e apostaram numa embalagem que exponencia a exclusividade do produto e do momento de consumo. Por isso, muitas delas saltaram das prateleiras de vitaminas, suplementos ou bebidas saudáveis para a secção gourmet de inúmeros estabelecimentos.

Para ultrapassar as barreiras mentais, este ressurgimento foi impulsionado pela designação, tipografia e embalagem, onde o papel das caixas ou das saquetas individuais de chá contribui para lhes conferir um toque de distinção, além de preservar a frescura do produto durante períodos mais longos, protegendo-o da humidade e do oxigénio.

Desta forma, o unboxing transformou-se numa parte do ritual.

Embalagens visualmente modernas, mas com um toque de classe, formas únicas, cores vibrantes para realçar diferentes variedades e sabores … As marcas encontraram mil formas de se ligarem a um mercado de grande poder aquisitivo, que está disposto a pagar mais por uma qualidade superior.

O papel contribui para realçar a história do produto e a distinção de um momento, que não é de consumo rápido, mas sim de pausa e deleite.

 

Créditos

Té matcha UKIYO de I Want
Papéis utilizados: Woodstock Verde, Rosa, Giallo, Arancio, Blu Intenso e Camoscio de 225 g.

L’infuseur – Collection de Thés verts & Plantes
Papéis utilizados: Materica Verdigris

prev next